sexta-feira, 8 de abril de 2016

Conversando com mãe Dilma



Olá mãe Dilma.

Como está essa heroína da resistência? Verdade mãe, caíram as folhas do outono, as flores da primavera, as bolsas da China, os asteroides, os aviões, as chuvas no Nordeste, porém, a senhora continua firme, segura que nem chiclete em cabelo ou morcego em luminária de igreja.

Sabe mãe, eu estava aqui olhando de lado e falando com o chão sobre os benefícios do seu governo. Graças à senhora e ao padrinho, ninguém mais neste pais fala de Zika, fim de FIES, fila do SUS, aposentadoria centenária, recessão, falência e aumento da criminalidade. Esse mundo 3D do PT é um verdadeiro tarja preta, que deixa o povo a ver o que não existe.

Outro grande benefício do seu governo: o povo está deixando de trabalhar e ficando mais tempo com a família; os carros param e o trânsito desafoga; pouco se come e assim pouco se engorda... Coisas boas né mãe? O povo agora fica em casa assistindo seu cai num cai, xingando o Cunha, rogando pragas ao Moro e fazendo macumba para o Temer escorregar.

Mãe o Tigrão disse que tem um projeto para melhorar sua popularidade. Sim, claro que é criar uma nova bolsa. Bom, na verdade não seria uma bolsa, mas uma sacolinha, tipo a que é usada pela Sociedade São Vicente de Paula. Não, claro que o dinheiro não seria para o Santo, mas desviado para a conta de um amigo do padrinho.

Mãe, o que a senhora fez para ser tão querida pelo STF? Aliás, o povo não o chama mais de Supremo e sim de Sistema Teórico de Futilidades. Sim, porque o que os juízes dizem de dia não repetem de noite, e eles mesmo se admiram do quanto o povo é bobo. Falando em bobo, quanto é mesmo que a senhora está dando num quilo de deputado?

Eu se fosse a senhora não ficaria em Brasília no dia 17. Vá a Paris ver a Banda do Chico passar, ou quem sabe para a Rússia beber vodca com o Putin. Ficar em casa é perigoso, pois o povo está mais inflamado que unheiro e mais zangado que gato acuado.

No sábado eu volto. Se a senhora já tiver ido deixe um recado com o totozinho.

Grande abraço mãe Dilma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.