quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Juíza condena a mais de oito anos de prisão acusados de praticar roubo




A juíza Janayna Marques de Oliveira e Silva, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, condenou Regino Soares do Nascimento Neto e Sara Rebeca da Silva Sousa por roubo, concurso formal de crimes e corrupção de menor. Eles foram sentenciados, respectivamente, a dez anos e sete meses e a oito anos e cinco dias de prisão.

De acordo com os autos (nº 43941-10.2014), no dia 6 de setembro de 2014, Regino Soares, utilizando revólver, abordou um homem próximo a shopping center, no bairro Papicu, na Capital. Na ocasião, o réu entrou no carro conduzido pela vítima e eles foram para a Praia do Futuro.

Ao chegarem lá, Sara Rebeca, namorada do réu, ingressou no veículo e os três se dirigiram ao bairro José Walter, onde um adolescente se juntou ao casal. A partir de então, eles passaram a ameaçar o condutor do carro, exigindo que ele realizasse saques em caixas de autoatendimento.

Durante a ação, a vítima conseguiu fugir e avisou aos policiais militares, que conseguiram prender o casal e apreender o adolescente. Com eles, foram encontrados pertences e dinheiro do homem. Em depoimento, Regino confessou o crime e Sara disse ter sido obrigada a participar do assalto.

Ao julgar o caso, nessa terça-feira (10/02), a magistrada condenou o casal ao regime fechado. Para a juíza, “restou claro que Regino Soares em companhia de Sara Rebeca e de um menor praticaram os delitos objeto da denúncia, de modo que se faz necessário, por conseguinte, configurar os tipos criminais refletidos no caso”.

Ainda de acordo com a sentença, as penas serão cumpridas em regime fechado e os réus não poderão apelar em liberdade.
- See more at: http://www.tjce.jus.br/noticias/noticia-detalhe.asp?nr_sqtex=35696#sthash.wsbkRLFm.dpuf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.