terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Prós e contras das motocicletas





Considerado o transporte mais viável para um país que tem a gasolina mais cara do Planeta, a motocicleta faz parte da vida da maioria do povo brasileiro. Por ser econômica e com maiores possibilidades de ser estacionada, a moto supera o número de carros nas cidades e no interior, seja nas serras, nos sertões, desertos ou praias, ela substituiu o transporte animal e, devido às facilidades de financiamento, quase todas as pessoas encontram meios de adotá-la como meio de transporte.

Se para a maioria a moto é um transporte imprescindível, para alguns ela se transforma numa arma perigosa, principalmente para os que se arriscam a andar sobre apenas uma roda, ou que se excedem na velocidade, desrespeitando as normas de tráfego.

É comum ver motoqueiros fazendo ultrapassagens pela direita. Aliás, muitos deles, por falta de experiência, lições e práticas, imaginam que o lado correto de ultrapassar é o mesmo o da direita. Outros acham normal transportar crianças sobre o tanque do veiculo ou adulterar o escape para tirar o sossego público.

Sobral é, por excelência, uma das cidades onde os motoqueiros menos obedecem as normas de trânsito e criam seus próprios métodos e "leis" para se locomoverem.

Por incrível que pareça, da mesma forma como existem os psicopatas que não admitem ser ultrapassado ou andar atrás de outros veículos, abusando da velocidade e da sorte, alguns motoqueiros quando estão pilotando se sentem superiores aos demais usuários do tráfego. Geralmente eles se utilizam da buzina para criar algazarra.

Alguns motoqueiros gostariam que você, que você, antes de sair de casa fosse avisado quanto aos lugares por onde eles irão passar e fazer de tudo para não se meterem em seus caminhos. Geralmente eles, motoqueiros, aceleram quando percebem que algum veículo desejam mudar de via. Dificilmente eles (motoqueiros) respeitam as normas de direção defensiva, preferindo xingar os demais, como se eles fossem seus concorrentes na posse das ruas.

Precisamos oferecer meios para que os motoqueiros se conscientizem quando a não adulterarem as descargas de suas motos, usar menos a buzina, evitar transportar crianças de modo inseguro, usar as duas rodas da moto, fazer valer a direção ofensiva e respeitar os colegas, sejam em motos ou carros, e que assim como eles estão nas ruas por necessidades e direitos similares.

Texto do Blog


Transporte irregular de crianças

Andar sobre apenas uma roda

Ultrapassar pela direita

Desrespeitar espaços destinados às motos

Adulterar descargas e promover barulho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.