quinta-feira, 2 de julho de 2015

Advogado entra com ação na Justiça e consegue canabidiol para primo



A Justiça determinou que o paciente com epilepsia Felipe Oliveira, de 12 anos, receba de graça um remédio à base de canabidiol - substância encontrada na maconha e que, segundo pesquisas médicas, é capaz de tratar doenças neurológicas. 

A decisão, divulgada no dia 26 de junho, ocorreu depois que um primo da criança, o advogado Fábio Rockenbach Gomes, entrou com ação pedindo a importação do remédio que custaria no mínimo R$ 67 mil ao ano. A família de Itapetininga (SP) diz não ter condições de pagar pelos medicamentos com fabricação proíbida no país e que pode cessar as convulsões da criança.

“É como um irmão para mim e não aguento mais vê-lo sofrer. Vi nascer, crescer, e sei o quanto esse novo medicamento dá de esperança para toda família e para mim. Quando tinha a idade dele brincava na rua e fazia várias coisas que ele não consegue fazer. Seria um sonho ver ele com uma qualidade de vida melhor”, diz Gomes.

Fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.