quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Governador aprova auxílio-alimentação para professores temporários do Estado




Em reunião ocorrida na tarde de ontem, no Palácio da Abolição, com a diretoria da Associação dos Professores de Estabelecimentos Oficiais do Ceará (APEOC), o governador Camilo Santana aprovou o auxilio alimentação para mais de quatro mil profissionais temporários do Estado do Ceará.

O projeto de lei deverá ser encaminhado ainda este mês à Assembleia Estadual. Os beneficiários passarão a contar o acréscimo de R$ 258,50 em seu salário, o que acarretará ao Estado um investimento de mais de R$ 10 milhões/ano.
Quanto à aplicação do reajuste do piso salarial, o governador acelerou o processo de negociação dos estudos de maio para o mês de abril. Camilo se comprometeu ainda em se reunir com o ministro da Educação, Cid Gomes, para tentar viabilizar maior complementação para os recursos do Fundeb. “Reafirmo aqui meu compromisso com a categoria e me comprometo de ir pessoalmente à Brasília conversar com o ministro Cid Gomes para viabilizarmos mais recursos para o Estado”, afirmou.
Com informações da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.