quarta-feira, 3 de abril de 2019

Romário Araújo a um passo da prisão







Não tem cabimento a Câmara de Vereadores de Sobral manter em sua composição de edis esse desequilibrado. Não condiz com o histórico do Legislativo sobralense manter um elemento que, de forma despudorada, compromete com suas ilicitudes a imagem do Poder que representa - a Câmara de Vereadores de Sobral.

Ações como vender vaga inexistente de emprego, oferecer desconto de mensalidade em faculdade e até vaga de mototaxista integram a lista de contravenções desse quase ex-vereador, que dificilmente se manterá no cargo.

Com a cabeça a prêmio, Romário Araújo não sabe onde colocar a cara deslavada. Acredita-se que não demora ele colocá-la numa janelinha de ferro. E o mais intrigante no seu episódio é o silêncio que a Mesa Diretora da Câmara mantém, e que deixa os sobralenses sem entender de que lado alguns vereadores estão. Os malfeitos do vereador passaram dos limites e a ação da Justiça certamente não tardará para tirar mais um estelionatário de circulação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.