terça-feira, 9 de maio de 2017

Descaso com crianças e jovens



Por que nosso país dá pouca ou nenhuma importância aos jovens, apesar de apregoar na mídia, desde o passado remoto, que a juventude é que representa o futuro da Nação.

O que acontece com  a população que não reclama da matança de crianças e jovens? Será que elas não significam nada, ou significam menos que alguns minutos nas redes sociais? E o que fazem os governantes? O nosso governador do Ceará, a Assembleia Legislativa, o Ministério Público, as Prefeituras, as Câmaras de Vereadores... O que fazem?

Vivenciamos a moda diabólica da "Baleia Azul", assistimos a proliferação das drogas, meninos e meninas se matando e destruindo seus lares, traficantes adotando e aliciando menores, meninas se prostituindo em troca de pedra de crack... O infortúnio abriu as portas de vez.

Estamos no tempo do "te vira", do "salve-se quem puder", do exacerbado egoísmo, da degeneração dos valores, do sumiço da ética e da morte da vergonha. 
Estamos na descida, surdos, mudos e caolhos. 

Gente, vamos abrir a boca, levantar a bunda da cadeira, espernear, gritar, pois gritar é melhor do que gemer de dor, de sofrer, de revolta. 

Vamos defender nossas crianças e garantir-lhes o direito ao futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.