terça-feira, 25 de abril de 2017

Assembleia debate acesso ao tratamento de câncer metástico


A Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa realiza, nesta quarta-feira (26/04), às 14h, audiência pública sobre o acesso ao tratamento do câncer metastático no Sistema Único de Saúde do Ceará. O debate atende a requerimento da deputada Fernanda Pessoa (PR).

“De acordo com dados nacionais, há mais de dez anos não existem novas inclusões de tratamento para câncer de mama metastático pelo Sistema Único de Saúde. Os novos tratamentos poderiam contribuir com a cura ou melhoria de vida de milhares de pacientes” explicou a deputada, justificando a iniciativa. 

A inclusão de novas terapias, conforme revelou, é uma luta articulada nacionalmente pela  Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) e pela Rede Mama. Fernanda Pessoa observa que dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) estimam 2.160 novos diagnósticos de câncer de mama em 2017, uma média de 46,3 casos a cada 100 mil mulheres, no Ceará.

A deputada Fernanda Pessoa é presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres do Ceará e tem realizado, conforme adiantou,  diversas ações de conscientização por meio de palestras, audiências e apoio a projetos como o da realização de biópsias às instituições que cuidam de pessoas com câncer de mama e próstata.

A parlamentar é também autora da lei 15.669/2014 que institui 27 de novembro como o Dia Estadual de Combate ao Câncer.

Foram convidados para a audiência pública representantes da Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Municipal Saúde de Fortaleza, Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública, Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB/CE), Instituto de Prevenção do Câncer, Conselho de Secretarias Municipais de Saúde, Conselho Estadual de Saúde, Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) e Defensoria Pública.

Agência de Notícias da Assembleia Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.