terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Coluna Evidências - Silveira Rocha



O transtorno dos trens

Quando escuto os políticos de Sobral falando em desenvolvimento  e mobilidade urbana, e me lembro que  há mais de 150 anos os trens causam transtornos diários a milhares de pessoas,  com suas manobras, sem que exista qualquer tipo de projeto contrapondo-se a essa condição irritante, conscientizo-me de que nossos projetos ainda são tímidos, pequenos e ineficazes.

Algumas vezes sonhei com a cidade contento viadutos, túneis e outros artifícios da engenharia resolvendo a problemática secular, em que os trens pudessem circular normalmente sem interferirem na normalidade do fluxo, que dia a dia aumenta mais na cidade.

Se bem pensarmos, os trens quando estão em manobras, interferem nos acessos aos hospitais, prejudicam compromissos, impedem o acesso de pessoas a consultas, medicações, etc.

Não vi propostas neste sentido vinda de nenhum dos candidatos concorrentes nas eleições de nenhum pleito, desde quando me entendi na política. Também não vejo qualquer tipo de manifesto popular contrário a esse abuso, e isto prova que o sobralense é acostumado a penar sem gemer.

Ceará o que?

Pense num programa sem resultado esse tal "Ceará Pacífico". O programa foi criado, porém a bandidagem não tomou conhecimento e continuou fazendo peripécias contra a vida alheia. O Ceará de hoje sente saudade do Ceará do Mainha, quando matar alguém era novidade e não coisa banal como acontece hoje em dia.

Delegados sem efeito

E continua a dança dos delegados. O governador Camilo Santana empossou, na manhã da sexta-feira (6), o delegado federal André Costa como novo titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Ele substitui Delci Teixeira, que deixa o posto após dois anos de serviços prestados, sem acrescentar nada de positivo em seu currículo. Falando em currículo, os que antes eram vitae viraram mortis.

Trem de brinquedo

De janeiro a dezembro de 2015, foram transportadas no metrô de Fortaleza, 4,6 milhões de pessoas. Em 2016, esse número saltou para 5,4 milhões. O crescimento é de 17%, ou 798,9 mil passageiros a mais. Enquanto isso o VLT de Sobral pega de quatro a cinco passageiros por viagem, sendo nada mais que um prejuízo sobre trilhos.

Conselhos de papa

O papa Francisco disse que os homens deveriam ouvir mais as ideias das mulheres e ser menos machistas. A declaração foi feita de improviso no final de dezembro, durante uma reunião de jovens, numa universidade católica na capital das Filipinas, Manila. Francisco percebeu que quatro, das cinco pessoas que falaram com ele no palco, eram homens. Mas os homens escutam, desde que não sejam apelos como: pare de beber, para de sair com os amigos, não vá ao futebol e deixe de jogar no bicho.

Profissão regulamentada

Roubar é uma das principais atividades desenvolvidas na cidade de Sobral. Está mais do que na hora do Ministério do Trabalho regulamentar a profissão, a Receita Federal tributar os roubos e a Prefeitura cobrar ISS dos ladrões.

Dinheiro falso

E sis que volta a moda do dinheiro falso. As cédulas de valor mais alto são o alvo preferido dos falsificadores.  Ao todo, 23.260 cédulas falsificadas foram apreendidas nos primeiros 11 meses de 2016, pelo Banco Central. Este total representa um aumento de 175% de notas falsas, 21 mil cédulas de R$ 100 foram retidas.

Gesto perverso


Não seria um gestor perverso do novo prefeito de Sobral negar pagamento a comissionados e contratados pelo prazo mínimo de dois meses? Tirar salário de trabalhador é o mesmo que tirar oxigênio de asmático. O cidadão que se aceita condições como essa é verdadeiramente digno de pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.