domingo, 18 de dezembro de 2016

Tsunami Veveu




O prefeito Veveu certamente não acreditava que passaria a gestão para um aliado. Meu irmão, o cara praticamente destruiu ou deixou que a Cidade se destruísse. Por onde a gente anda o lixo está exposto, o mato encobre as bordas das calçadas, os calçamentos se desmancham, a malha asfáltica está completamente deformada com enormes crateras e a iluminação pública é precária em quase todos os recantos.

No pacote de presentes ainda vai a problemática da violência, da escassez de água, da falta de medicamentos e médicos nos PSFs, uma guarda municipal sucateada, o serviço de monitoramento sucateado, a Imprensa Oficial destruída... Enfim, pouca coisa restou do tsunami Veveu.

Agora as senhoras e os senhores imaginem como seria o discurso de Ivo Gomes se ele estivesse recebendo a prefeitura das mãos de um adversário. Com certeza as reclamações durariam ao menos um ano e o gestor sainte não seria menos que ladrão, pilantra ou irresponsável. Ainda bem que o Veveu é de casa, come no mesmo prato e se balança na mesma rede.

Vou sair desta vida sem acreditar que Veveu agiu erroneamente sem o consentimento dos irmãos, pois ele é incapaz de tomar uma vitamina que não seja passada por eles. Resumindo: Veveu é um teleguiado, sujeito sem condições de cuidar sequer de si, dirá de uma cidade do porte de Sobral, da qual ele saiu-se como mero e péssimo tomador de conta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.