quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Janot denuncia deputado federal cearense por lavagem e corrupção em esquema envolvendo Engevix e BNB



O procurador geral da República, Rodrigo Janot, denunciou, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal José Guimarães (PT-CE), líder da minoria na Câmara dos Deputados, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
O inquérito é embasado na delação premiada do ex-vereador do PT Alexandre Romano, o Chambinho, também denunciado.
Na denúncia, Janot quer a condenação de Guimarães e a perda dos direitos políticos. Além disso, o procurador pede a devolução de R$ 1 milhãos aos cofrs públicos, embolsado por Romano no esquema.
Inquérito
Segundo a denúncia, Guimarães recebeu propina de R$ 97 mil proveniente de financiamento no Bando do Nordeste do Brasil (BNB) a um empreendimento da empreiteira Engevix.
Em troca, o parlamentar intermediou o contato de Alexandre Romano, defensor dos interesses da Engevix, com o presidente do BNB à época, Roberto Smith.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.