sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Professores da UECE encerram greve após cinco meses de paralisação


Os professores da Universidade Estadual do Ceará (UECE) decidiram encerrar a greve da categoria em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (21), após cinco meses de paralisações. De acordo com o sindicato dos professores da universidade (Sinduece), as aulas retornaram na terça-feira (25), um dia após o feriado do Dia dos Servidores, na segunda (24).
 

"O Governo apresentou o termo de compromisso mostrando pontos que a gente considerou positivo, em outros não houve avanço, como a reposição salarial e corte do custeio. Também não foram garantidos os próximos concursos", explica o presidente do sindicato, Célio Coutinho.

Entre os pontos que que o sindicato considera avanço e que foram "fundamentais" para o fim da greve, segundo Coutinho, estão a garantia de aporte de R$ 6 milhões para professores substitutos, verba de R$ 250 mil para reforma do campus da UECE em Crateús, ordem de serviço para obra do campus de Itapipoca e garantia de publicação no Diário Oficial de processos referentes a carreiras (promoção, progressão de salários, estágio probatório, dedicação exclusiva).

Ainda de acordo com o sindicato, os professores farão novas reuniões para definir um calendário de reposição da aulas dos cinco meses de paralisação. A recomendação do sindicato é que todos os professores da UECE participem das reuniões e retornem às aulas já na terça-feira.


"Não queremos que a reposição seja acelerada, queremos garantir a formação dos estudantes, vamos recuperar o tempo perdido, vamos fazer um plano sabendo conviver com as adversidades de greve", diz o presidente do sindicato.

Fonte G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.