domingo, 21 de fevereiro de 2016

Tipos de leite artificial: para quem precisar substituir ou complementar.



Todos nós sabemos que o aleitamento materno é a melhor e mais completa alimentação que podemos fornecer ao nosso filho. Mas por problemas de saúde, infelizmente nem todas mamães conseguem ou podem amamentar o seu bebê. 

Neste caso, para saber qual o melhor leite artificial para o nosso bebê, temos que consultar um pediatra. Após analisar o peso e tamanho do bebê o pediatra indicará um leite hipercalórico ou não, portanto ele é a pessoa recomendada para indicar o melhor leite artificial para o seu bebê. 

Após a recomendação do pediatra é o momento de fazer um teste para saber se o bebê se adaptará ao leite. São necessárias várias tentativas, pois inicialmente alguns bebês podem apresentar manifestações de constipação passageiras, sem maior importância. Após algumas tentativas, caso se confirme a intolerância ao leite, é hora de testar a segunda indicação do pediatra. 

Os leites tipo “1” (Nan, Nestogeno, Aptamil, Similac e Bebelac) são bem parecidos, possuem os nutrientes necessários para os bebês. 

Os leites com “Prebióticos” (Aptamil 1 e Nan Confort 1 com Prebióticos), são boas opções para os bebês que ficam ressecados, pois regulam o intestino. 

O leite tipo “HA” (Miltina HA, Nan HA 1, Nidina HA 1 e Aptamil HA 1) são hipo-alergênico. Indicado para lactantes com história familiar de alergia na tentativa de que diminua a possibilidade de aparecimento de alergia às proteínas de leite de vaca. Não deve ser usado caso haja a confirmação de alergia às proteínas de leite de vaca. 

Os leites hidrolisados de proteínas (Pepti Junior) são indicados para lactentes com alergia às proteínas do leite de vaca, em caso de desnutrição ou para lactantes que tenham passado por cirurgia. Este leite deve ser prescrito pelo médico. 

Os leites tipo “AR” (Nan AR, Aptamil AR) são Anti-Regurgitante, portanto, de fácil digestão. Indicado para os bebês que tem refluxo. 

Os leites de Soja (Nan Soy, Aptamil Soja 1) são à base da proteína isolada de soja. Indicado principalmente para lactantes com alergia à proteína do leite de vaca. 

Para as mães que tiveram mastite aguda, bico invertido, mama reduzida, com disfunções da hipófise, não se sintam culpadas em não amamentar o bebê. Para as mamães que não tiveram problema, alimentem o seu bebê. Devemos alimentar nosso bebê exclusivamente da mama nos seis primeiros meses de vida, e continuar amamentando até os dois anos de idade, após a introdução de novos alimentos

http://brasil.babycenter.com/thread/188959/tipos-de-leite-artificial-para-quem-precisar-substituir-ou-complementar#ixzz40r8Iocxv

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.