segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Governo perde mais um round para bandidagem






O quartel da 3ª Cia. do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi alvejado com tiros na noite deste domingo, 15, no bairro Montese.

A ação ocorreu por volta das 22 horas, disse o secretário de Segurança do Estado. “O pessoal está lançando o terror no WhatsApp, mas é bem menos. Ninguém ficou ferido, estão espalhando um toque de recolher para assustar”, detalhou.

Segundo o delegado-geral Andrade Júnior, em relação às delegacias e aos quarteis, o sistema de segurança está em alerta por determinação do Secretário de Segurança Delci Teixeira. "As Polícias estão unindo forças para identificar os responsáveis pelos ataques", comentou.

Nos grupos de WhatsApp, circulam informações de que os ataques foram ordenados pela filial cearense da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Em um dos áudios do aplicativo, um homem diz que "quem tá dando toque de recolher hoje" são eles. "Quem vai se recolher é a PM, ninguém vai baixar a cabeça pra PM não, tá ligado, aqui quem manda é o PCC", ameaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.