sexta-feira, 13 de novembro de 2015

APEOC de Chaval denuncia 'discriminação na folha de pagamento dos Professores concursados'




Ontem (12/11) foi vinculado no blog da APEOC de Chaval (Sindicato dos Professores no Estado do Ceará) uma matéria, na qual era evidenciado uma denúncia contra a administração pública do município de Chaval/CE. Abaixo a denúncia na íntegra:

"O fato é que ao longo desses últimos meses, cada dia essa administração vem mostrando que não estão sabendo administrar com responsabilidade os recursos do FUNDEB e agora de uma hora para outra resolveram separar a Folha de Pagamento dos Professores Concursados (60%), em 02 (duas) separando uma folha incluindo somente os professores e outra para os coordenadores e Diretores. Isso significa que os gestores não depositaram o pagamento do mês de Outubro dos Coordenadores e Diretores das escolas que também são professores.

O Sindicato APEOC juntamente com o Presidente do FUNDEB, procurou obter algumas informações na Secretaria de Educação, sobre esta situação absurda e inaceitável e o que nos foi informado por pessoas responsáveis pelo setor de pagamento, é que segundo o Prefeito e o Secretário de Educação os recursos não foram suficientes para pagar todos.

Vale ressaltar que esta justificativa não está coerente com os Recursos que já entraram na Conta do FUNDEB no município de Chaval, referente ao mês de Outubro totalizando um valor de R$ 723.405.15, e já no mês de Novembro do dia 04 até o dia 11 o valor de R$ 225.404,02, totalizando um montante de R$ 948.809,17. Como podem dizer que não tem dinheiro? Aí prova que dinheiro tem, não pagam porque não querem. 

É do conhecimento de todos, que 60% desses recursos é destinado para pagamento dos professores concursados e contratados sem discriminar ninguém. A Folha de Pagamento do mês de Outubro dos Professores Concursados sem as Férias que também não pagaram totaliza um valor de R$ 308.003.34, como o dinheiro não deu? Portanto os recursos foram suficientes. Não compreendemos e não aceitamos um descaso tão grande para com esses professores, que além de assumirem as escolas, sem nenhuma gratificação que têm direito por lei, agora estão cada vez mais desvalorizados e desrespeitados no tocante os seus pagamentos. 

Fizeram isso com as folhas dos 40%, agora é a vez dos 60%, esperamos que não vire moda. É mais um presente referente ao mês de Outubro mês destinado aos professores, pois para os Professores Coordenadores e Diretores, o mês de novembro não acabou e vocês continuam sendo presenteados pelo gestor. Aqui fica o nosso repúdio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.