quarta-feira, 17 de junho de 2015

TCU adia análise de contas e dá 30 dias para Dilma explicar 'pedaladas'




O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta quarta-feira (17), por unanimidade, adiar a votação do relatório prévio que analisa as contas do governo referentes a 2014 e deu prazo de 30 dias para que a presidente Dilma Rousseff esclareça indícios de irregularidades encontradas pela fiscalização, entre elas as chamadas “pedaladas fiscais.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.