quinta-feira, 25 de junho de 2015

Histórias de final infeliz









Clyde Champion Barrow e sua companheira, Bonnie Parker, foram mortos a tiros por policiais em uma emboscada perto Sailes, em Bienville Parish, Louisiana em 23 de maio de 1934, depois de uma das perseguições mais espetaculares que a nação tinha visto até aquele momento.

Barrow era suspeito de vários assassinatos e era procurado por diversas acusações de homicídio, roubo e  sequestro.

O FBI e as autoridades policiais locais na Louisiana e no Texas concentraram-se nas buscas de Bonnie e Clyde naquela área. Soube-se que Bonnie e Clyde, com alguns dos Methvins, tinham participado de uma festa no Black Lake, Louisiana, na noite de 21 de maio de 1934 e que deviam retornar para a mesma área dois dias depois.

Antes do amanhecer em 23 de maio de 1934, um pelotão composto por policiais de Louisiana e Texas, incluindo Frank Hamer do Texas Rangers se esconderam em arbustos ao longo da estrada perto de Sailes, Louisiana. 

Bonnie e Clyde apareceram em um automóvel, à luz da manhã, e, quando tentaram fugir, os policiais abriram fogo e eles foram mortos instantaneamente.

Fonte: Arquivo do FBI

<

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.