terça-feira, 23 de junho de 2015

Com alta da inadimplência, Coelce realiza feirão




As altas das tarifas e inflação geral de preços, combinadas com o aumento do desemprego, deixaram as famílias brasileiras com menos dinheiro para pagar as despesas básicas. De acordo com dados da Serasa Experian, a inadimplência do consumidor com empresas do setor de energia cresceu 11% no acumulado do ano até abril, em comparação com mesmo período do ano passado.

Diante do cenário atual, a Companhia Energética do Ceará (Coelce) realizará no dia 4 de julho, o feirão de parcelamento de contas com mais de 60 dias de atraso.

  Cinco lojas da Capital (Aldeota, Centro, Messejana, Parangaba e Carlito Pamplona) atenderão os consumidores que desejarem realizar o parcelamento. As condições de pagamento, valor das parcelas e entrada, variam de acordo com o débito do cliente.
Assim, a companhia não divulga o número máximo de parcelas, nem o valor mínimo a ser pago em cada prestação.

Os consumidores do interior do Estado podem negociar os débitos a qualquer época do ano através das lojas de atendimento. 

O Ceará tem 2,5 milhões de consumidores residenciais (Classe B1), localizadas em 184 municípios do estado. 

Sobre o aumento dos níveis de inadimplência no Ceará a Coelce explicou através de sua Gerência de Comunicação que não divulga esse tipo de informação, seguindo normas da empresa.

Aumento da tarifa 

O ano de 2015 já acumula quatro aumentos da tarifa de energia. A mais recente aconteceu em abril deste ano, com reajuste de 17,02% (para baixa tensão, incluindo residências e comércios por exemplo), seguida da alta de fevereiro de 19,5% para as residências. 

O Povo Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.