quinta-feira, 19 de março de 2015

A palavra que derrubou o ministro




ACHACADORES. Eis o termo, palavra ou expressão de Cid Gomes, para deixar claro a um grupo de estudantes no Pará, que as dificuldades do país se devem a um jogo de interesse de segmentos que não procuram fazer com que as coisas deem certo, e que também se aproveitam da situação para tirarem mais e mais do governo.
Enquanto Dilma torcia para que o ministro fosse à Câmara levando chocolates e flores com pedidos de perdão, Cid fez tal qual o jumento que estava comendo o milho do Luiz Gonzaga,e que ao ser flagrado pelo dono do milho, "deu uma ré, fincou o pé no chão e gritou: seu Luiz comi seu milho e como, e como, e como.
A natureza de um homem e o destino das águas são quase impossíveis de serem contidas. Cid, assim como Ciro e Ivo, o ex-governador tem o pavio curto e demonstra não conhecer barragem de saliva ou lençol de língua.
Cid pecou quando aceitou fazer parte do governo fracassado de Dilma. A confusão gerada no Fies e no Pronatec serraram as bases de sustentação do ministro, que entrou de frente e saiu de costas no governo, que segundo o Ciro Gomes é assentado na putaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.