sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Sessão especial debate ações contra a seca no Ceará





As ações de convivência com a seca foram debatidas em sessão especial, na manhã desta sexta-feira (27/02), no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa. O evento foi dirigido pelo presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (Pros). Participaram da mesa de trabalho os secretários estaduais de Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, e o de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, Irani Braga Ramos, representando o ministro Gilberto Occhi; além do senador José Pimentel (PT/CE), representando o Senado; do deputado Chico Lopes PCdoB/CE), representando a Câmara Federal; o diretor geral do Dnocs, Walter Gomes, o superintendente estadual da Funasa, Regino Pinho, e o presidente da Aprece e prefeito de Piquet Carneiro, Expedito do Nascimento.

Durante a abertura dos trabalhos, Zezinho Albuquerque destacou que a sessão foi o fórum escolhido para dar conhecimento as ações dos governos Federal e Estadual no combate aos efeitos da seca no Ceará.  O parlamentar ressaltou que a população enfrenta o quarto ano de seca consecutivo e muitos reservatórios estão praticamente secos ou com pouca água acumulada, o que desperta preocupação de todos os setores envolvidos com o abastecimento.

O presidente da Assembleia apontou que, recentemente, no município de Canindé, foi construída uma adutora de engate rápido e um açude. Mas, com a permanência da estiagem, o reservatório secou totalmente.  A cidade, conforme assinalou, agora está sendo abastecida pelo açude General Sampaio, através de uma nova adutora.

Zezinho Albuquerque destacou também a inauguração, neste sábado (28/02), de uma adutora com aproximadamente 155 quilômetros que vai levar água do açude Araras até Nova Russas, passando pelo distrito de Flores e também abastecendo Crateús, que enfrenta uma séria crise de abastecimento.

De acordo com o parlamentar, um dos grandes problemas da estiagem é a precarização do abastecimento para a população. Zezinho assinalou que, recentemente, ocorreram boas chuvas, mas ainda insuficientes para recompor as reservas hídricas do Estado, já que somente poucos reservatórios acumularam água. Porém, segundo observou, as cisternas construídas conseguiram acumular água, assegurando abastecimento para os próximos três meses.

O presidente da Assembleia disse ainda que o Governo Camilo Santana tem se empenhado bastante e realizado as ações necessárias. O parlamentar também pediu à bancada federal o mesmo empenho no sentido de sensibilizar os órgãos federais para que sejam liberados os recursos necessários demandados pelas ações de combate à seca.

Zezinho Albuquerque fez um “agradecimento especial” à presidente Dilma pelos recursos alocados ainda no Governo passado, através do Ministério da Integração Nacional, para atender as demandas do Ceará. O parlamentar ressaltou que o ministro da Integração Nacional não compareceu porque viajou para o Acre, que está com problemas de enchente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.