terça-feira, 2 de maio de 2017

Frente Parlamentar em Defesa da Mulher repudia agressão policial à cidadã



A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Mulheres da Assembleia Legislativa manifestou, nesta terça-feira (02/05), em nota à imprensa, repúdio à agressão promovida por capitão do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur), na noite do domingo (30/04), na Beira-Mar, contra uma cidadã.

Conforme a nota assinada pela presidente da Frente, deputada Fernanda Pessoa (PR), “não podemos tolerar em nossa sociedade atitudes violentas a uma cidadã que apenas informava uma ocorrência de furto. Policiais militares estão a serviço da população, sua função é a de cuidar, amparar e promover a cidadania. Não podemos permitir que profissionais que estão para cuidar da população desrespeitem o cidadão, desrespeitem a mulher e ajam de forma truculenta”.

“Repudiamos atos de violência e esperamos uma apuração com isenção e que excessos nas condutas de policiais militares sejam coibidos e o respeito ao ser humano seja garantido”, destaca o documento, que pede que a justiça seja feita e o policial seja responsabilizado. “Vamos acompanhar o caso”, pontua a parlamentar .

A Frente Parlamentar apresentou ainda requerimento à Assembleia Legislativa solicitando envio de moção de repúdio ao Comando Geral da Polícia Militar e ao Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) pelo ato de agressão cometido pelo capitão Allan Kardec contra uma mulher. O documento será votado no Plenário.

Agência de Notícias da Assembleia Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.