segunda-feira, 1 de maio de 2017

23 anos sem Ayrton Senna



MINHA HOMENAGEM AO MEU ETERNO ÍDOLO

Ao lembrar que hoje se completam 23 anos da morte de Ayrton Senna, embebido na saudade, reconheço que a Terra é que é de brigadeiro e que o Céu é dos brigadores, dos que lutam pela grandeza nutridos pela humildade, e que deixam como legado a lição de que não importa o tempo que a vida lhe dá e sim o que você pode dar de si no seu tempo.

Silveira Rocha


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.