quarta-feira, 30 de março de 2016

Fossa de Dilma








DILMA NA FOSSA
FICO ASSIM SEM VOCÊ

Lula sem cachaça
Lulinha sem trapaça
Sou eu assim, sem o PMDB
Bolsa já não cola
O povo quer escola
Cadê meu PMDB?

Por que é que tem que ser assim?
Vocês comeram até meu rim
Não resolve o Mercadante
Pedindo a todo instante
Esculachos do Amorim

Governo sem caminho
Bike sem pedalinho
Sou eu assim sem o PMDB
Delcídio seu palhaço
Temer me deu um traço
Tirou o partido de mim

Não quero ir pro Paraná
Seu Moro deixe eu aqui
Prometo ser decente
O comprar até uma lente
Pro olho do Cerveró

Eu não existo longe do poder
E soltar o osso é o meu pior castigo
Não sei a hora que vão me prender
Pois o Supremo tá de mal comigo
Por quê? Por que?

Mandato de cruzeta
Propina e gorjeta 
Sou eu assim no PT
Vou pegar a estrada
Pois não faço mais nada
Cadê meu PMDB?

Por que é que tem que ser assim?
Nem pobre gosta mais de mim
Vou deixar o meu palácio
Debaixo de panelaço
Pois o PT chegou ao fim

Eu não existo longe do poder
E soltar o osso é o meu pior castigo
Não sei a hora que vão me prender
Pois o Supremo tá de mal comigo

Por quê? Por quê?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.