sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

"Que país é este"?






De repente escuto um hino, um daqueles que a gente escutava nas fileiras dos colégios, rendendo homenagens à Pátria; quando não, fico revendo as imagens das grandes paradas, dos festivais de música com Chico, Caetano, Gilberto Gil e tantos outros maravilhosos brasileiros como Vinicius de Moraes, João Gilberto, Tom Jobim, Luiz Gonzaga; revejo no Youtube os filmes de produção nacional sem nada a perder para os americanos; relendo os avanços científicos, os destaques esportivos com os jogadores de futebol, com Ayrton Senna, João do Pulo, Guga no tênis; esse ou aquele brasileiro brilhando, dando seu suor, devotando amor, respeito em resposta ao seu dever e no respaldo do seu direito. 

Nossa gente era inspirada, cantava as belezas de nossa Terra, respeitando seus valores e celebrando a sua dignidade. Nossa gente tinha líderes, e aqueles tinham voz e aquela voz era escutada com atenção e crença, isto porque refletia sentimentos de razão, de sensatez e patriotismo.

Agora quando tudo é diferente e transparece imoralidade, quando as instituições se dissolvem e os sentimentos de brasilidade se amiúdam ante a ignorância do modismo, ao féretro da cultura com "beijinho no ombro", com os remelexos do "Safadão", com os mamulengos da política, olhamos para cima e pedimos resposta de Deus a "que país é este”?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.