terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Erika Cristino suspendeu a ação contra calazar em Coreaú e vai acionar o Ministério Público Estadual



Alvo de crítica e ataques na rede social (Facebook) por conta de uma decisão de retirar das ruas do município de Coreaú um grande número de cachorros doentes, que já causaram cinco casos de calazar, a prefeita Erika Frota Cristino resolveu cancelar a ação e acionar o Ministério Público e a Secretaria de Saúde do Estado, para que tome as devidas providências sobre o caso dos animais e dos ataques sofridos por 'pseudos' defensores dos animais.

Comunicado

“Venho por este intermédio comunicar à população de Coreaú que decidi cancelar a vinda da carrocinha do Centro de Zoonose do Estado para Coreaú, programado para os dias 24 e 25 de fevereiro. Tomei esta decisão diante das distorções que alguns defensores dos animais provocaram nas redes sociais atacando de forma desmedida a minha pessoa, além de emitirem opiniões grosseiras sobre um assunto do qual elas não tem profundidade sobre a nossa intenção, a realidade de Coreaú e o problema de saúde pública que os animais doentes nas ruas estão nos trazendo.
Antes de tomar a decisão, tive a preocupação de comunicar a representante do Ministério Público no município e pedir os equipamentos da Secretaria de Saúde do Estado para realizar esta operação.

O destino dos animais não seria uma decisão minha, e a decisão de fazer a ação foi tomada por uma equipe de técnicos que me comunicaram da necessidade. Não tenho a menor intenção em promover a matança de qualquer animal doméstico, como injustamente me acusaram. Tenho animais de estimação na minha casa e tenho um amor desmedido por eles. Quem me conhece sabe bem disso.

Desta forma, nesta terça-feira (23), comunicarei a Promotora de Justiça os motivos do cancelamento, bem como apresentarei os nomes das pessoas que se dizem defensoras dos animais que usaram as redes sociais para me desrespeitar e desrespeitar os direitos humanos em nome da defesa dos animais. Entregarei a responsabilidade, a partir de agora, para a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará que saberá lidar melhor com este tipo de episódio.”


Erika Cristino


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.