quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Dia da Literatura Cearense é celebrado na Assembleia




A Assembleia Legislativa do Ceará realizou, na noite desta terça-feira (17/11), uma sessão solene para celebrar o transcurso do Dia da Literatura Cearense. O deputado Professor Teodoro (PSD) , autor da iniciativa, destacou a importância da arte literária para a trajetória da humanidade, considerada por ele “uma expressão do belo e do maravilhoso.” Para o parlamentar, “não se escreve literatura brasileira sem que o Ceará esteja presente em um maravilhoso pedestal”.

A data, instituida no Estado a partir de projeto aprovado no Legislativo, é celebrada no dia de nascimento da escritora e romancista cearense Rachel de Queiroz (17 de novembro), um dos maiores nomes da literatura nacional e primeira mulher a conquistar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras. A solenidade foi subscrita ainda pelos deputados Carlos Felipe (PCdoB), Bruno Gonçalves (PEN), Dra. Silvana (PMDB), Julio César Filho (PTN) e Heitor Férrer (PSB).

O deputado Carlos Felipe (PCdoB) disse acreditar que o mundo poderia ser muito melhor se as novas gerações forem estimuladas a ler livros como Os Miseráveis, de Victor Hugo, se os Jovens também tiverem acesso à literatura de Rachel de Queiroz, descrevendo a seca no nosso estado, ou mesmo aos poemas de Castro Alves, que desafiava oligarquias e ideias da igreja, que defendiam a escravização dos negros no País.

O deputado fez a entrega de uma placa em homenagem póstuma ao radialista e jornalista Edilmar Norões, recebida por seu filho, jornalista Paulo César Norões.

O deputado Bruno Gonçalves (PEN) afirmou que o conhecimento traz esperanças de um futuro melhor . Já deputada Dra. Silvana fez referência a seu pai, afirmando que ele estimulou seu hábito de ler. A parlamentar ressaltou ainda que os escritores têm capacidade de transportar e dividir com os leitores mundos diferentes e novas experiências.

Durante o evento, foram entregues 34 placas alusivas ao Dia da Literatura Cearense, entre os homenageados estavam o presidente da Associação da Nacional dos Escritores, Fabio de Sousa Coutinho e o presidente da Associação Cearense de Escritores, Francisco de Assis Clementino Ferreiro. Também foram homenageados escritores e professores, representantes de entidades como Academia Sobralense de Letras, Academia Quixadaense de Letras, Academia Quixeramobinenses de Letras, Academia Cearense de Retórica, Casa Juvenal Galeno, Confraria da Literatura, Sociedade dos Poetas e Escritores de Maracanaú, entre outros que colaboram para o estímulo à criação literária e à leitura no Ceará.


Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.