quinta-feira, 25 de junho de 2015

Sobral na História




Sobral dos anos 50

Nos anos 40-50 praticamente não existia estradas e havia muito produção agrícola no sertão cearense. Sobral era o centro comercial da Zona Norte do estado onde os pequenos comerciantes iam vender seus produtos. 

Recordo desses bons tempos em que o jumento levava dois caçuás carregados de frutas ou outros produtos agrícolas e iam abastecer o mercado da cidade . Viajavam noite inteira para evitar o sol e ao amanhecer os produtos estavam fresquinhos e isso muito contribuía para a qualidade desses produtos. 

O sertão urbanizou-se, o caminhão passou a ser o meio de transporte rápido e mais seguro, estradas asfaltadas, mas em compensação a atividade agrícola foi esvaziando devido aos problemas climáticos.

Velhos tempos em que o homem do campo era um esforçado agricultor, homens simples, bons, educados e de fala mansa e respeitosa. 

O cultivo da terra era feito com mão-de-obra essencialmente do núcleo familiar. Todos da mesma família trabalhavam junto e a produção 100% ficava para esses pequenos produtores, portanto, não havia escassez de alimentos, pelo contrário, a produção era grande e o produto tornava-se barato.

Autor: Aldemir Arruda - publicado no Saudosismo Sobralense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.