quinta-feira, 18 de junho de 2015

O passado da segurança pública

GPM do Bairro Dom José

Houve um tempo em Sobral, isso nos anos 80, em que um comandante do 3º BPM, ten. cel. Hamilton Rocha, resolveu levar mais segurança para as comunidades, e ai implantou um programa de apoio com a criação de Grupos Policiais Militares (GPM's), que recebiam apoio dos moradores, a partir da alimentação dos policiais que se revezavam nos plantões.

O modelo veio a calhar e se tornou simpático perante os moradores, uma vez que mudava de forma significativa o quadro de insegurança vividos nos bairros. Em depoimentos os moradores enalteciam a ação policial e manifestavam satisfação em ver que suas comunidades estavam protegidas por uma policia que seguia o preceito da mão dupla, em que a Policia ia ao encontro das comunidades e estas da Polícia.

O programa deu certo por mais ou menos uma década, até ser extinto a partir de quando Sobral passou a conviver com as gestões ditas modernas, mas que não deram atenção para a segurança. 

Acredita-se estar na hora do Poder Público tomar atitudes maduras quanto a coibir a ação da marginalidade em Sobral. O trabalho que vem sendo feito, muito embora denote a boa vontade dos envolvidos, não convence, pois não interfere nos números de casos de violência e delinquência, que são cada dia maiores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.