quarta-feira, 17 de junho de 2015

Justiça de Sobral condena cinco por morte de empresário




A justiça de Sobral condenou cinco pessoas acusadas de envolvimento no latrocínio (roubo seguido de morte) do empresário sobralense Antônio Hélio de Carvalho, que foi morto com um tiro na cabeça quando chegava na porta de casa em companhia de sua esposa e seu genro no dia 13 de agosto de 2014.

Segundo informações da polícia, o cunhado da vítima, João Batista de Negreiros (acusado de ser o autor intelectual do crime), contratou uma quadrilha para executar o crime. Entre os contratados estavam dois menores de idade, sendo que um deles foi o autor do disparo que matou a vítima.

Francisco Angelino de Sousa Junior, Marcelo Feijão Silva, Francisco Tiafro de Sousa Teixeira, Marcelo Feijão Silva e Antônio Ismael Neves de Paula formavam a quadrilha que agiu no dia do crime. Todos foram condenados a penas que variam de 17 a 28 anos e 7 meses de prisão.

O cunhado da vítima, João Batista de Negreiros (mandante) teve pena de 29 anos e 9 meses de prisão. Os acusados, presos preventivamente, aguardarão o julgamento de seus recursos caso recorram ao TJCE.

Informação SPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.