quarta-feira, 24 de junho de 2015

Aprisionamento no Brasil aumentou em seis anos




Por: Diário SP Online 
portalweb@diariosp.com.br

O Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) informou, em balanço divulgado pelo Ministério da Justiça, nesta terça-feira (23), que entre 2008 e 2014, a taxa de aprisionamento aumentou em 33% no Brasil.

O país também ocupa no ranking, o quarto lugar com maior população prisional do mundo. Em junho de 2014, época em que os dados foram coletados, 607.731 pessoas estavam em situação de privação de liberdade. Entretanto, países como os Estados Unidos, China e Rússia superaram os números até então registrados.

Atualmente, o Estado de São Paulo possui o maior número de presos, equivalente a 219.053 pessoas, responsável por 36% da população prisional. 

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) alegou que os dados de São Paulo foram obtidos por meio da internet, na página da Secretaria de Administração Penitenciária Estadual. O governo do Estado de São Paulo, por sua vez, não respondeu ao levantamento.

As informações são do Portal R7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.