sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Rei da Arábia Saudita dá US$ 32 bilhões para a população





Coroado no mês passado, o novo rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdul Aziz, decidiu presentar a população do país com a distribuição de bilhões de dólares, por meio de um decreto real.

O valor dado aos sauditas pode ser de mais de 32 bilhões de dólares, afirma uma companhia de investimento consultada pelo New York Times.

Segundo o jornal, nenhuma medida do rei foi tão falada quanto os prêmios que ele dá para uma boa parte da população.

Uma das doações, por exemplo, foi um bônus de dois meses de salário para funcionários do governo, soldados, pensionistas e estudantes que dependem do governo (na Arábia Saudita ou em intercâmbio). 

Os sauditas estão gastando bem o dinheiro recebido, diz o New York Times.

"Alguns compraram novos celulares, bolsas e viagens ao exterior. Outros pagaram dívidas, doaram para a caridade e compraram colares de ouro para suas mães. Alguns homens separaram dinheiro para casar com a primeira, segunda ou terceira mulher. Um saudita estava tão feliz que cobriu seu filho com notas novas", afirma o jornal.

De acordo com o site Vice, não é a primeira vez que os prêmios generosos acontecem na Arábia Saudita. As doações podem ser usadas em momentos de crise política.

Segundo o Vice, o rei Abdullah, irmão de Salman que faleceu em 22 de janeiro, doou US$ 35 bilhões em 2011 a um fundo social para financiar casamentos, começar negócios e comprar casas.

A ação foi vista por muitos como uma tentativa de ganhar apoio diante do movimento da Primavera Árabe. Salman bin Abdul Aziz já afirmou várias vezes que seguiria a mesma política do irmão, inclusive na parte social.

Tópicos: Arábia Saudita, Dinheiro, Primavera árabe, Salários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.