quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Sem saudades de Veveu




Gratifica-se a quem encontrar um sobralense de todo satisfeito com a gestão do prefeito sainte Veveu Arruda. Finalmente chegamos ao final dessa experiência trágica ao ponto de ser ignorada na campanha do prefeito eleito. Veveu foi encarado como a mosca que envenena o leite de dia e estraga a sopa de noite. Contudo, não se pode negar a aparência sempre animada do Veveu, que tem um sorriso pronto mesmo quando avista um tsunami. 

A "caixa preta" da gestão dificilmente será revelada na futura gestão, isto porque os donos dos aviões nunca querem suas falhas reveladas. Também não se pode prever o que o novo prefeito traz na bagagem, a forma como irá gerir os problemas e quantos sorridentes aliados ele fará chorar. 

Veveu com suas  incompetências rendeu-se à violência, desestabilizou a Cultura, matou o esporte, avacalhou o trânsito, descuidou-se da limpeza e não tirou do papel os mirabolantes projetos como os do porto seco, do pólo metal-mecânico, das montadores de caminhão e ônibus, entre tantas outras utopias.

O tempo passou para ele, felizmente. O que se deve esperar agora é que o novo gestor trabalhe com todo o seu "imenso amor por Sobral" e recomponha a cidade à sua decência, pondo fim às imoralidades vividas  e mal sucedidas do antecessor. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.