quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A volta do cangaço




É com os olhos em espanto e as mãos postas à prece, que assistimos os capítulos do embate cotidiano entre as polícias do Brasil e as organiza...ções criminosas. Nem precisamos dizer que o PCC e o Comando Vermelho há muito tomaram conta do país, humilhando os governos e deixando a população em polvorosa.

Infelizmente é como eles dizem: "quem manda é nóis!". De fato eles humilham os governinhos de chumbo, ignoram leis, manipulam a justiça e transformam presídios em escolas preparatórias de marginais, hotéis ou simplesmente escritórios, ditando a falência da "moralidade" e do estado de defesa.

Diariamente damos conta do assassinato de policiais e do terror instalado. Nos filmes de agora, diferente dos que assistíamos no passado, em que os mocinhos acabavam vencendo; agora eles morrem no final e o filme termina triste para eles e suas famílias, enquanto os governantes e o próprio judiciário comem pipoca com guaraná na plateia com, o pessoal dos direitos humanos.

Meu Deus, que absurdo esse revés! Cadê as autoridades deste país? Cadê a moral da Justiça? Cadê a autoridade do governo: Cadê a sensibilidade da própria população, que antes se indignava e hoje faz selfie com cadáveres?

Se não há poder, se a moralidade pereceu, se os valores estão apodrecidos, o jeito é a gente continuar rezando e, quanto aos governos, incluindo o nosso do Ceará, deveriam vestir uma sainha e sair pelas ruas saltitando como as gazelas, ao som de Bandeira Branca.

Fechem as porta do prostibulo! O cangaço voltou e as raparigas sumiram.

Silveira Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.