sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Ciro Gomes faz falsa chantagem ao ameaçar desistir de disputa presidencial se RC perder



Impedido de entrar nos programas de rádio e TV do prefeito Roberto Cláudio, o ex-ministro Ciro Gomes sempre dá um jeito para atrapalhar a reeleição do seu aliado na corrida eleitoral pela prefeitura de Fortaleza.

Não fosse suficiente ter sido condenado pela Justiça Eleitoral, por ter chamado o candidato Capitão Wagner de "bandido", Ciro agora apelou na sua loucura. Em entrevista ao jornal OPOVO, Ciro delirou: condicionou sua candidatura presidencial em 2018 a uma vitória de RC em Fortaleza.

Insatisfeito com o falso delírio, ainda denunciou ao OPOVO uma conspiração do presidente Michel Temer, do presidente do Senado, Renan Calheiros,de Eduardo Cunha, dos senadores Eunício Oliveira e Tasso Jereissati." Todos querem usar a eleição de Fortaleza para desgastar uma possível candidatura minha a presidente, e eu não vou entrar nesse jogo. Eu serei candidato a presidente se meu Estado e minha cidade estiverem bem administrados".

Ciro Gomes condiciona sua candidatura a reeleição de RC. Mas, esquece que sua cidade não é Fortaleza: é Sobral, de onde veio e domina o Município através da oligarquia de sua família. Lá, seu irmão já foi eleito. Assim, a chantagem de Ciro é inútil: Camilo Santana governa o Ceará, Ivo Gomes administra Sobral e Fortaleza dispensa as frases delirantes de Ciro, dadas em momentos ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.