quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Cid aparece de novo na relação da Odebrecht



O ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT), afirmou em discurso ontem em Sobral, na sua festa de aniversário, que se ele estiver envolvido no esquema de corrupção da Petrobrás, o ministro do STF, Teori Zavascki, que relata a Lava Jato, é “corno”; o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é “ladrão” e o juiz Sérgio Moro, que atua nas investigações da primeira instância, é “picareta”.

O nome de Cid Gomes aparece numa lista apreendida pela Lava Jato na sede da Odebrecht que esta sob investigação do STF. Cid aparece ao lado do valor de R$ 200 mil e do codinome “falso”.

Na delação acordada com a Odebrecht apareceu finalmente a lista de nomes de políticos envolvidos com o propinoduto, e mais uma vez o nome de Cid aparece. Será que as teorias de Cid sobre a cornagem de Teori, a lçdroeira de Janot e a picaretagem de Moro serão mesmo confirmadas em Sobral, assim como o fora a de Albert Einstein?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.