quinta-feira, 7 de abril de 2016

Mulher é expulsa de cerimônia no Planalto após protestar contra Dilma





Modelo democrático do PT

BRASÍLIA - Uma mulher foi expulsa do Palácio do Planalto nesta quinta-feira, 7, após tentar protestar contra a presidente Dilma Rousseff durante um ato em defesa do mandato da petista. A mulher, que se identificou como Kelly Cristina, é conhecida nas redes sociais como Kelly Bolsonaro, em referência ao deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

Vestindo uma camiseta onde se lia 'Impeachment é democracia', Kelly foi expulsa sob os gritos de “Fora Bolsonaro” quando tentou abrir uma faixa com críticas à presidente dentro do Planalto.

Mulheres que participam do ato de apoio a Dilma cercaram Kelly e a conduziram até o elevador, para que ela deixasse o salão nobre do Planalto, onde acontecia a cerimônia batizada de “Encontro com Mulheres em defesa da Democracia”.

“Me senti violentada no meu direito à livre manifestação. Eu cumpri todos os protocolos e não pude me manifestar, dizer o que 90% das mulheres querem, que é a saída da presidente”, afirmou ao Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.