domingo, 22 de fevereiro de 2015

IPCE registra alta nos produtos da Cesta Básica de 5,48%




O Índice de Preços da Ceasa Ceará (IPCE), instrumento de pesquisa que analisa 64 itens do mercado atacadista de Maracanaú, registrou no mês de janeiro aumento de 5,48% nos itens que compõem a Cesta Básica. Contudo, o crescimento foi menor se comparado ao registrado no mês de dezembro quando a Cesta Básica aumentou 10,63%.

Entre os produtos responsáveis por este aumento em janeiro estão: os ovos com 20,66%, o queijo coalho com 20,38%, feijão carioquinha com 19,72%, frango 14,16%, feijão preto com 12,98% e o milho em grãos com 11,25%. Os itens que apresentaram queda no setor foram: o óleo de soja com -32,24%, e a manteiga com -15,27%.

Os outros quatro setores analisados pelo IPCE (frutas; folha, flor e haste; hortaliça fruto e raiz, bulbo e rizoma) apresentaram queda. Os maiores declínios foram registrados no setor de Folha, Flor e Haste com -9,90%, em seguida vem o setor de raiz, bulbo e rizoma com -4,32%, hortaliça fruto com -4,25% e as frutas que apresentaram queda de -3,80%.

No setor Folha, Flor e Haste os destaques foram: acelga com redução de -23,55%, alface com -15,85% e repolho híbrido com -11,76%. Os aumentos do setor ficaram por conta da cebolinha e coentro com 1,97%. No setor raiz, bulbo e rizoma os declínios que apresentou queda de -4,32%, os declínio foram na macaxeira com -2,28% e cebola rocha com -1,46%. Os aumentos do setor foram detectados na cebola pêra com 3,86%, beterraba com 2,66% e batata inglesa com 2,66%.

Já o setor hortaliça fruto que apresentou uma queda de -4,25%, os destaque foram a vagem com -44,07%, pimentão verde com -33, 28%, tomate com queda de -10,65% e chuchu com -7,79%. Os aumentos foram registrados na abóbora leite com 41,15%, abóbora jacaré com 26,22%, abóbora caboclo com 23,87% e feijão verde com 15,38%.

O setor de frutas que registrou declínio de -3,80% teve destaque nas quedas do melão japonês com – 34,49%, o limão taiti com -27,40%, maracujá com -25,32%, laranja com -17,34% e a goiaba com -14, 56%. Os aumentos do setor foram detectados na melancia com 26,62%, abacate com 25,60%, acerola com 11,67% e coco verde com 9,59%.



Assessoria de Comunicação da Ceasa Ceará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.