quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Falha na história



Em sua segunda gestão de prefeito de Sobral, o político José Parente Prado, intencionando criar elementos comprobatórios do fenômeno de 1919, quando o mundo voltou as atenções para um eclipse total do Sol, que viria a comprovar a Teoria da Relatividade, do físico e matemático Alemão, Albert Einstein, mandou construir um monumento ao Eclipse, e também um relógio do Sol.

Os ícones, que eram no mínimo curiosidades, saíram de cena, já que o monumento ao Eclipse Total foi para o teto do Museu do Eclipse, sem nenhuma menção, e o relógio do Sol desapareceu.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.