terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Centrais terão dia de negociações em Brasília contra mudanças trabalhistas



Presidentes de centrais sindicais estarão em Brasília nesta quarta-feira, 25, para uma nova rodada de negociações com o governo sobre as medidas provisórias que alteram regras de acesso a benefícios trabalhistas e previdenciários. 
Às 8h30, os sindicalistas participam de café da manhã com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, em sua residência oficial. Na parte da tarde, é a vez do poder Executivo. 

Diferentemente dos outros encontros com ministros da presidente Dilma Rousseff, que foram em São Paulo, este será em Brasília, no Ministério da Previdência Social. Está prevista a presença dos ministros do Planejamento, Nelson Barbosa, do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, da Previdência Social, Carlos Gabas, e da Secretaria Geral da Presidência, Miguel Rossetto. 

Na reunião de amanhã, segundo já afirmou o Ministro do Trabalho e Emprego, o governo espera que as centrais apresentem propostas que serão analisadas e discutidas. No último encontro com ministros, em janeiro, os sindicalistas afirmaram que não aceitariam ajustes nos textos das medidas provisórias, e sim a derrubada dos projetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.