sábado, 12 de julho de 2014

Os 10 maiores escândalos de corrupção do Brasil



O cinismo de órgãos da imprensa como Globo, Abril, Folha e Estadão e de partidos políticos como PSDB/DEM atingiu um nível em que toda e qualquer preocupação com os níveis mais elementares de dignidade foram perdidos. Já há algum tempo deixou de ser cinismo.
Tem sido muito difícil ao longo dos últimos anos ver – ler – ouvir as coisas que hoje fazem parte do imaginário de boa parte da sociedade, muito particularmente em determinados segmentos sociais.
Não pretendo falar sobre o julgamento do “mensalão”. Prefiro dizer, por enquanto, que as notícias foram durante todo o tempo devidamente manipuladas. Há questionamentos jurídicos fortes contra a condução do julgamento feitos por órgãos como a própria OAB, juristas, desembargadores e juízes. Alguns já começaram a vir à tona nos embargos declaratórios e outros virão principalmente na fase dos embargos infringentes. É justamente esta a fonte principal, porém não a única, do desespero de Joaquim Barbosa, hoje um homem isolado no meio jurídico. É possível que num espaço de tempo menor do que se podia imaginar algumas verdades, pelo menos algumas, já disponíveis, aparecerão para o grande público.
Talvez, entretanto, possamos aborda-lo sob outra perspectiva e é possível que aí já se possa perceber o quanto as informações foram e são manipuladas. Há muito mais a ser mostrado, mas vamos focar por enquanto nesse ponto.
Estamos ouvindo há oito anos que o “mensalão” é o maior escândalo de corrupção que já houve no Brasil.
Não é verdade.
Há algum tempo estão disponíveis, o que não quer dizer divulgados, os dados que negam esse mantra que se repete há muito tempo. Vamos conhece-los. Chamo a atenção para um detalhe; uma das fontes dessas informações é a Editora Abril, a editora da revista Veja. Portanto, não pode haver fonte mais insuspeita.

Dez maiores crimes de corrupção do Brasil

TOP
Crime/Escandalos
Ano
Rombo
10°
Mensalão
2005
R$ 55 milhões
Operação sanguessuga
2006
R$ 140 milhões
Sudam
2001
R$ 214 milhões
Operação Navalha
2007
R$ 610 milhões
Anões do Orçamento
1993
R$ 800 milhões
TRT/SP
1999
R$ 923 milhões
Banco Marka
1999
R$ 1.8 bilhões
Vampiros da Saúde
2004
R$ 2.4 bilhões
Banestado
2003
R$ 42 bilhões
Privataria Tucana
1997
R$ 100 bilhões

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.