quinta-feira, 24 de julho de 2014

Israel chama Brasil de 'anão diplomático' por convocar embaixador


Israel lamentou nesta quinta-feira (24) a decisão do Brasil de chamar para consultas seu embaixador em Tel Aviv, uma decisão que, segundo o governo israelense, "não contribui para encorajar a calma e a estabilidade na região" e chamou o país de "anão diplomático" por causa do gesto.
O porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Yigal Palmor, disse que a decisão brasileira “não reflete o nível de relação entre os países e ignora o direito de Israel defender-se”. De acordo com a publicação "The Jerusalem Post", Palmor afirmou que a medida "era uma demonstração lamentável de como o Brasil, um gigante econômico e cultural, continua a ser um anão diplomático".
“Estas medidas não contribuem para promover a calma e a estabilidade na região. Ao contrário, elas promovem o terrorismo e naturalmente afetam a capacidade do Brasil de exercer influência. Israel espera suporte de seus amigos em sua luta contra o Hamas, que é reconhecido como uma organização terrorista por diversos países ao redor do mundo", disse ele ao jornal "Haaretz".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.