quarta-feira, 16 de julho de 2014

"Deputado não serve para nada", diz deputado


O deputado Carlomano Marques (PMDB) lamentou a crise de representatividade dos deputados no Brasil e criticou a limitação que a Constituição impõe ao trabalho dos parlamentares. Em dado momento de seu pronunciamento, ontem, na Assembleia Legislativa, Marques chegou a dizer que o deputado não serve para nada.
O parlamentar afirmou que a democracia representativa está em xeque. Segundo ele, as propostas que os deputados têm direito a fazer são apenas de realização de solenidades, voto de pesar, voto de louvor, nomes de ruas e estradas, além de indicações. "Para que serve mesmo um deputado? Para nada! Cada vez mais foram tirando a representatividade do Parlamento, e o resto é miçanga", ironizou.
"Eu estou aqui e só voltarei se a população aferir que a minha presença aqui vai nos dar alguma coisa. Os nossos requerimentos quando chegam no Governo, ele nem olha e coloca na lata de lixo", disse, ressaltando também que a Constituição é quem "humilha" o deputado, pois, geralmente, propostas dos parlamentares são tidas pela Procuradoria Legislativa como estando com "vício de constitucionalidade".
QUANDO ELE NÃO TRABALHA EM CIMA DE IDEAIS, MAS POR INTERESSE PRÓPRIO, ELE SERVE SOMENTE PARA CAUSAR VERGONHA À CLASSE E NOS DAR UMA MAIOR CERTEZA DE QUE É MAIS UM RATO NO QUEIJO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.