domingo, 13 de julho de 2014

Aliados de Cid refugam PT



"Ainda existem obstáculos consideráveis, na base do Governo, quanto à indicação de um petista para disputar a sucessão estadual. As reservas são ao partido e não ao nome do candidato, é bom registrar. A insatisfação era bem maior, como aqui registramos no dia 30 de junho, após a constatação feita no curso da convenção, no último domingo do mês pretérito. Os "bombeiros" da situação caíram em campo cedo e conseguiram debelar uma parte do incêndio. Mas ainda há chamas ardendo".

"A grande maioria dos aliados de Cid Gomes é contra o PT. A convivência que têm, no Ceará, desde 2006, é apenas tolerável, dissemos isto aqui em outra oportunidade. O Governo, além de utilizar a sua tropa de choque, de imediato procurou dá sinais de que o candidato é dele e não do Partido dos Trabalhadores, designando Danilo Serpa, pessoa da sua mais alta confiança, para ser o coordenador geral da campanha ao lado de Ciro Gomes, afastando a ideia fantasma de o deputado federal José Guimarães ser o dono da candidatura, como já estava sendo propagado entre os políticos".

Edison Silva
Editor de política

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário.